Temporada – “Ditos e Malditos: Desejos da Clausura”

 

Ditos e Malditos:

DESEJOS DA CLAUSURA

 

A Terpsí Teatro de Dança através do projeto “Terpsí em Obra(s)” apresenta o espetáculo “Ditos e Malditos: Desejos da Clausura”. Entre os dias 18 de junho e 09 de julho – quartas-feiras, sábados e domingos sempre às 19:30 horas no Teatro do Museu do Trabalho. Duração do espetáculo: 50’. O Projeto Terpsí em Obra(s) foi contemplado com o Programa Municipal de Fomento ao Trabalho continuado em Artes Cênicas para a cidade de Porto Alegre 2010. Estréia com entrada franca e demais dias R$ 20,00 com desconto para estudantes e idosos.


Estréia do espetáculo: 18 de junho de 2011 (sábado) – entrada franca
Horário: 19:30 horas
Local: Teatro do Museu do Trabalho

Demais Datas:
– 19 de junho – domingo
– 22 de junho – quarta-feira
– 25 de junho – sábado
– 26 de junho – domingo
– 29 de junho – quarta-feira
– 02 de julho – sábado
– 03 de julho – domingo
– 06 de julho – quarta-feira
– 09 de julho – sábado

Sempre às 19:30 horas

Ingressos no local: R$ 20,00 inteira ou desconto para estudantes e idosos.

Local: Teatro do Museu do Trabalho
Rua dos Andradas, 230, Centro – Porto Alegre/RS/Brasil


Sinopse do espetáculo: “DITOS MALDITOS: Desejos da Clausura” é o novo processo de pesquisa e criação da Terpsí Teatro de Dança que recebeu o Prêmio FUNARTE de Dança Klauss Vianna 2008. Refere-se às inquietudes sobre o amor, solidão, poder e morte que perpassam as obras de escritores e artistas considerados malditos como: Jarry (Ubu Rei), Beckett (A Cadeira de Balanço), Alan Poe (O Corvo), Caio Fernando Abreu, Augusto dos Anjos, e interferência de Sartre, Duchamp e Van Gogh. A proposta busca enfocar a ambigüidade dos personagens que é desvendada a partir do olhar do observador. “Desejos da Clausura” surgiu dos desejos da própria Terpsí Teatro de Dança e dos espectadores que colaboraram durante a Instalação Coreográfica em 2008/2009. Dessa forma foi surgindo a imagem de desejos congelados em um frigorífico que evidenciam o paradoxo entre, o congelar para preservar e o congelar para destruir salvaguardando a morte que serve de alimento para a vida. Através de alguns “ditos populares” busca-se o alívio para justificar o maldito e o não dito que se apresenta por meio de metáforas. Assim como BECKETT diz: “Mais uma vez…”. POE diz: “Nunca mais!”. Quando nos percebem ou nos percebemos malditos? Existe um maldito limite que nos enclausura em um não dito? Qual o seu desejo?


FICHA TÉCNICA:
– Intérpretes Colaboradores: Angela Spiazzi, Gabriela Peixoto, Raul Voges, Edson Ferraz, Gelson Farias, Francine Pressi.
– Participação Especial: Suzana Schoellkopf
– Direção e Concepção: Carlota Albuquerque
– Orientação de Ensaios e professora Convidada: Simonne Rorato
– Preparação Física: Anjos do Corpo
– Criação de Luz: Guto Greca
– Trilha incidental: Alvaro Rosacosta
– Trilha pesquisada: Terpsí Teatro de Dança
– Figurinos: Anderson de Souza
– Cenário: Terpsí Teatro de Dança. Coordenação do cenário e criação da escada: Raul Voges
– Cenotécnico: Paulinho Pereira e Luiz Paulo Cardoso
– Assistentes de Montagem e Palco: S.O.S Daughters (Anita, Clara e Joana)
– Montagem e Edição de Áudio: Murilo Assenato
– Operação de Luz: Bathista Freire
– Descrição do Processo de Criação (Caderno Registro): Wagner Ferraz
– Fotógrafo: Cláudio Etges;
– Assessoria de Pesquisa: Processo C3;
– Direção Administrativa: Angela Spiazzi;
– Elaboração de Projetos Culturais: Azzis, projetos, consultores e produtores associados Ltda e Wagner Ferraz – Processo C3;
– Colaboração audiovisual: Elektrola Visual;
– Instalação de arte “Fitos dos Desejos”: Coletivo Arquivo Temporário
– Assessoria de Imprensa: Sandra Alencar;
– Duração do espetáculo: 50’.


Informações: 51- 3228.8774 / terpsi@via-rs.net
www.terpsiteatrodedanca.blogspot.com
Teatro de Museu do Trabalho
Rua dos Andradas, 230, Centro – Porto Alegre/RS/Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s